VEJA Amarelas ao Vivo - Fake News

Evento de VEJA discute o impacto das fake news nas eleições, no Brasil e na sociedade.
  16/07/2018
Amarelas fake news

O presidente do TSE e ministro do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux, esteve em São Paulo no dia 24 de abril para realizar a abertura do evento VEJA Amarelas ao Vivo. O evento, que aconteceu no Teatro Santander, teve como tema central o impacto das fake news e das redes sociais nas eleições de 2018. Organizado por VEJA, o encontro teve ainda a participação do ministro do STF, Gilmar Mendes, e dos estrategistas políticos Jaime Durán Barba, da campanha de Mauricio Macri, na Argentina, e Guillaume Liegey, de Emmanuel Macron, na França. Ao todo foram 10 convidados recebidos pelo time de jornalistas da maior revista semanal do Brasil. Cada entrevista teve a duração de 30 minutos e abordou, por diversos ângulos, o cenário que deve se desenhar até outubro, quando acontecem as eleições presidenciais e também para governador. Policarpo Júnior, redator-chefe de VEJA em Brasília, conversou com Luiz Fux; André Petry, diretor de redação de VEJA, entrevistou Gilmar Mendes; Thaís Oyama, redatora-chefe de VEJA em São Paulo, falou com Jaime Durán Barba; e o colunista Ricardo Noblat bateu um papo com Guillaume Liegey. Outros nomes que subiram ao palco são David Uip, infectologista, que conversou com a editora Adriana Dias Lopes; Acioli Cancellier de Olivo, irmão de Luiz Carlos de Olivo – reitor da UFSC que se suicidou após suspeitas de corrupção –, foi entrevistado pelo colunista Augusto Nunes; Bia Granja, fundadora do YOUPIX e uma das maiores referências sobre internet e influenciadores no país, entrevistada pelo editor especial Daniel Bergamasco; o jornalista Ricardo Boechat, participou de um bate-papo com o redator-chefe de VEJA, Fábio Altman; o pesquisador da USP Pablo Ortellado, um dos principais estudiosos sobre fake news no Brasil, foi entrevistado por Dora Kramer, e o publicitário Nizan Guanaes participou de uma conversa com o redator-chefe da VEJA no Rio, Maurício Lima. A primeira edição do evento Amarelas ao Vivo foi realizada em novembro do ano passado, em São Paulo. Na ocasião foram entrevistados diversos pré- candidatos à presidência, entre os quais o então governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, o deputado federal Jair Bolsonaro, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia e a ex-senadora Marina Silva. O então prefeito de São Paulo, João Doria, o ministro do STF Luis Roberto Barroso, o apresentador Luciano Huck e o jornalista Jô Soares, além do juiz Sérgio Moro também participaram do encontro.

Confira a cobertura completa do evento aqui: https://veja.abril.com.br/revista-veja/um-mal-absoluto/

VEJA contra fake news As notícias falsas que inundam a internet ganham força nos anos de eleição. Foi assim nos Estados Unidos, em 2016, e deve ser assim por aqui neste ano. Em janeiro, o levantamento exclusivo publicado pelo site e pela revista VEJA teve repercussão em veículos internacionais como The New York Times e Financial Times. A partir da análise de 4.591 posts de sites que costumam publicar fake news, foi apresentado um ranking dos maiores alvos de notícias falsas sobre política no país. Em março, VEJA capitaneou uma campanha para combater fake news. A revista veiculada no dia 9 daquele mês trouxe duas capas, uma das quais com o título Veja se é verdade, acompanhada de um manifesto sobre o papel do veículo em favor da verdade. 

Palavras-chave

  • VEJA
  • amarelas
  • fake news
  • paginas amarelas
  • eleições

Marcas envolvidas

Mais Notícias