Marcas femininas da Editora Abril reúnem mulheres para conversas fundamentais no Dia Internacional da Mulher

M/Live transmite uma programação intensa de bate-papos no dia 8 de março
  08/03/2016
M live

Na sexta-feira, 4/3, as revistas e sites femininos da Abril lançaram a hashtag #SóUmaMulherSabe, em suas redes sociais, para que as mulheres compartilhassem difíceis situações vividas por elas no dia a dia. A campanha foi um aquecimento para o Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8/3. Em comemoração ao grande dia, as marcas juntaram forças para preparar uma programação intensa de bate-papos com mulheres que se destacam em seus segmentos. Desde as 10h desta terça-feira, as marcas BEBE.COM, BOA FORMA, CAPRICHO, CASA CLAUDIA, CLAUDIA, COSMOPOLITAN, ELLE, ESTILO e MDEMULHER estão conversando com convidadas sobre temas como carreira, feminismo, comportamento, beleza, maternidade, moda e empoderamento feminino. Todas as conversas estão sendo transmitidas ao vivo pelas páginas das marcas no Facebook, com participação das internautas na área de comentários do streaming. Ao final de cada bate-papo, os vídeos são disponibilizados no portal MDEMULHER. Confira a programação na íntegra e não deixe de acompanhar!

 

Girl Power Day

Para as garotas de CAPRICHO, a marca preparou uma série de debates e vídeos sobre como é ser uma garota nos dias de hoje, refletindo sobre seus questionamentos e anseios. Pela primeira vez, TV CAPRICHO ficará 5h no ar, com uma programação das 14h às 19h, com entradas ao vivo e pré-gravadas. “Nossa a audiência é super conectada e participa ativamente das discussões feministas que têm rolado principalmente na web, mas também fora dela. As garotas estão em busca de informação, interessadas em discutir o feminismo e, principalmente, em contato constante com a construção de sua identidade feminina”, explica o editor Thiago Theodoro. 

 

Contra a violência

HUFFPOST BRASIL e SAÚDE É VITAL também estão promovendo a data ao convidar o público a refletir sobre a violência contra a mulher. A redação do HUFFPOST entrevistou 20 mulheres nas ruas da capital paulista, e todas compartilharam relatos de assédio. Confira o resultado no vídeo O que as mulheres não aguentam mais ouvir na rua:

 

 

Já a SAÚDE desenvolveu um vídeo em cobate à violência doméstica, que traz sérias consequências para a saúde física e mental das mulheres:

 

 

Palavras-chave

  • mulher
  • dia
  • internacional
  • femininas

Mais Notícias