Fabio Gallo assume Presidência da ANER

O diretor de Operações da Abril assumiu o cargo nesta segunda-feira, 12 de dezembro, e anunciou o novo Conselho da instituição
  13/12/2016
131216 fabiogalloaner600

Na última segunda-feira, 12/12, a Associação Nacional de Editores de Revistas (ANER) elegeu sua nova diretoria para a gestão 2017/2018, durante o evento de lançamento da revista comemorativa produzida para celebrar os 30 anos da associação, assinada pelo escritor Jorge Caldeira.

 

Fabio Gallo, diretor de Operações da Abril, é o novo presidente da instituição. Ele substituirá Fred Kachar, diretor-geral da Editora Globo, que ocupou o cargo por dois mandatos seguidos e continuará na associação como vice-presidente.

 

Em seu discurso, Gallo exaltou o bom trabalho feito pela antiga gestão da ANER e falou da importância da união das editoras no atual cenário desafiador do meio: “As respostas para a transformação desse cenário e a criação das oportunidades passam, certamente, por uma revisão do modelo de negócios, e por uma união de todo o setor. O momento é de integração, união e colaboração. Precisamos trabalhar muito – e muito unidos – pela ANER. Estamos falando de um negócio cada vez mais necessário para o país e seus cidadãos”.

 

O novo presidente da ANER aproveitou sua fala para apresentar todos os membros da nova diretoria da instituição que teve Roberto Civita como primeiro presidente. “Nessa etapa que se inicia, estou ao lado de colegas do setor, comprometidos e com espírito de conjunto. Esse é o time que estará incumbido de levar adiante a associação criada em 16 de dezembro de 1986 por Roberto Civita, o primeiro presidente, que já em seu discurso de posse citava a importância de uma entidade como essa e convocava todos os presentes a trabalhar muito pela ANER”, finalizou.

 

Conheça os membros da nova diretoria da ANER, apresentados por Fábio Gallo:

 

Conselho Diretor

Fabio Gallo (Editora Abril) - presidente

Frederic Zoghaib Kachar (Editora Globo) - 1º.vice-presidente

Marcello Salles Gomes (Editora Meio & Mensagem) - 2º. vice-presidente

Edmilson Cardial (Editora Segmento) - diretor tesoureiro

Silvino Brasolotto Junior (Editora Alto Astral) – diretor secretário

Edgardo Martolio (Editora Caras) – diretor conselheiro

Hercilio de Lorenzi (Editora Escala) – diretor conselheiro

Ernani Paciornik (GR1 Editora) – diretor conselheiro

Marcos Dvoskin (Editora Pais e Filhos) – diretor conselheiro

José Eduardo Martins (Editora Panini) – diretor conselheiro

 

 

Conselho Fiscal

João Carlos de Almeida (Editora Alto Astral)

Sinval de Itacarambi Leão (Imprensa Editorial)

Cristina Silva (Editora Planeta D´Agostini)

Irmã Maria Alba (Editora Paulinas)

 

 

Leiam o discurso completo de Fabio Gallo:

 

 

"Boa noite a todos e sejam muito bem-vindos!

 

 

Estou muito feliz e ao mesmo tempo muito ciente da enorme responsabilidade que é assumir a Presidência da ANER.

 

Essa responsabilidade está ligada também ao desafio de continuar o bom trabalho desenvolvido pelo Fred Kachar e toda a diretoria que esteve ao seu lado. Fred, nosso reconhecimento e agradecimento. Muito obrigado!

 

Nessa etapa que se inicia, além de estar feliz estou também muito bem acompanhado. Estou ao lado de colegas do setor, comprometidos e com espírito de conjunto. Time que estará incumbido de levar adiante a Associação Nacional de Editores de Revista, criada em 16 de dezembro de 1986.

 

Naquela ocasião, Roberto Civita, idealizador da ANER, em seu discurso de posse como “o primeiro presidente da Associação”, citava a importância de uma entidade como essa e convocava todos os presentes a trabalhar –

muito – pela ANER.

 

30 anos depois, a convocação é a mesma: precisamos trabalhar muito – e muito unidos – pela ANER.

 

Todas as editoras convivem com transformações em seu modelo de negócios, novas plataformas e ferramentas, dispersão da atenção e da verba publicitária. E sempre com o desafio de continuar de garantindo a qualidade e credibilidade de nosso conteúdo. Em meio a tudo isso, o contexto econômico é preocupante. O nível de inadimplência nunca esteve tão alto. Isso, para citar apenas alguns dos desafios que temos pela frente.

 

E muitas vezes, infelizmente, todos esses enormes desafios, nos impulsionam cada vez mais a atuar com foco no tático, nos afastando do estratégico. E vamos seguindo solitários, cada editora remando sozinha, nesse oceano de desafios, mas também de oportunidades...

 

As respostas para a transformação desse cenário e a criação das oportunidades passam, certamente, por uma revisão do modelo de negócios e por uma união de todo o setor.

 

O momento é de integração, união e colaboração. Isso porque estamos falando de um negócio cada vez mais necessário para o país e seus cidadãos. Nossa missão é nobre: existimos para manter nossa audiência bem informada, alerta, aconselhada e certa da nossa utilidade na vida das pessoas.

 

Enfim, temos muito trabalho pela frente, certos de que esse trabalho é fundamental para cada um de nós, para as empresas que representamos, para as editoras e para o Brasil.

 

Todos nós – da gestão 2016/2018 – contamos com todas as editoras para que conteúdo de qualidade e “Revistas” continuem sendo necessárias e relevantes.

 

Para encerrar quero desejar a todos Boas Festas e um excelente Ano Novo para todos nós.

 

 

Muito obrigado!"

Mais Notícias