EXAME Fórum Abril no Rio discute o legado e os negócios em torno dos Jogos Olímpicos

O Projeto Abril no Rio trouxe um olhar para além do esporte com a realização do EXAME Fórum Abril no Rio
  25/11/2015
241115 forumolimp 480

Os preparativos para os Jogos Olímpicos de 2016 não param, tanto no Rio de Janeiro quanto na Abril. Depois de realizar 5 dos 12 debates previstos na agenda – que abordaram a preparação brasileira, a experiência dos atletas e a ética no esporte –, o Projeto Abril no Rio trouxe um olhar para além do esporte com a realização do EXAME Fórum Abril no Rio, nesta terça-feira, 24/11. Contando com a participação de representantes da esfera pública e privada, como Eduardo Paes (prefeito do Rio de Janeiro), Nizan Guanaes (sócio fundador do grupo de comunicação ABC) e o arquiteto especialista em desempenho urbano Vinicius M. Netto, o fórum colocou no centro da discussão os negócios envolvidos e o legado que os jogos deixarão para o país.  “É de suma importância ver que as Olimpíadas serão um elemento transformador para o Rio de Janeiro e para o Brasil, mas não podemos deixar esse legado acabar em 2016. Começamos uma caminhada de desenvolvimento e precisamos aproveitar essa oportunidade de transformar não só a história da cidade, mas do país”, explica André Lahóz, diretor de Redação de EXAME.

Em sua apresentação, Eduardo Paes traçou um panorama do Rio de Janeiro às vésperas das Olimpíadas, listando o que ainda resta a fazer até o início do evento e refletindo sobre o principal legado dos Jogos. “Estamos lidando com muito mais do que apenas um evento esportivo. Isso inclui a imagem positiva do país, tanto para fora como para dentro, para os cidadãos. Não queremos que eles sirvam-se da cidade apenas, mas, sim, que a cidade sirva-se dos Jogos. Este é o legado”, disse o prefeito.  

Já  o publicitário Nizan Guanaes falou sobre a consolidação da marca Rio, conceito que deve transcender o status de cidade-sede para influenciar positivamente a imagem que ela passa ao mundo.  “Já construímos o legado dos Jogos Olímpicos Rio 2016, mas precisamos contar. O mundo precisa ouvir essa história, mas, neste momento, estamos mais para o storydoing do que para o storytelling”, enfatizou o publicitário, que também chamou atenção para o aspecto turísitico: “O Rio de Janeiro tem vocação para ser global e tem que ser a cara do país ao mundo. Temos um ótimo produto que precisa ser vendido”. 

Henrique Eduardo Alves (ministro do Turismo), Thomaz Assumpção (presidente da consultoria Urban Systems) e José Carlos Pinto (sócio-líder de consultoria da Ernst & Young) também participaram do encontro com o público. “O país tem uma gigante potencialidade para o turismo e vamos usar este momento a favor para atrair turistas de todo o mundo. O esporte mais amplo e mais continental é descobrir esse grande Brasil”, finalizou Henrique Alves.

 

Conteúdo produzido por jornal interno.

Palavras-chave

  • EXAME
  • EXAMEFORUM
  • ProjetoOlimpíadas
  • Olimpíadas2016
  • riodejaneiro
  • projetoabrilnorio

Marcas envolvidas

Mais Notícias