Conheça o resultado da pesquisa “Autos”, de QUATRO RODAS

Mais de 4 mil pessoas participaram da iniciativa.
  19/10/2018
Autos certa

Há quase 60 anos no mercado, a marca QUATRO RODAS une sua expertise sobre o segmento automotivo à inteligência de análise da área de Consumer & Market Insights da Abril para apresentar um retrato sobre a compra e a preferência dos consumidores de carros no Brasil. O estudo – que é valorizado por mergulhar nas informações mais importantes da categoria – representa a população internauta brasileira das classe ABC com mais de 18 anos e, em sua nova edição, mostra mais detalhes sobre o fenômeno SUV no país e retrata a imagem percebida das montadoras.

Mais de 4 mil pessoas participaram da iniciativa. Dessas, 62% possuem somente um carro na residência; 83% pretendem trocar de carro e 58% pretendem trocar até 2019. O levantamento mostrou que, no Brasil, o carro ainda não é o vilão: a crise no setor é econômica. O motivo de quem não possui carro é, em 53% dos casos, falta de dinheiro. Além disso, 74% deles pretendem comprar um carro em algum momento (42% até 2019). 

Outro dado levantado mostrou que os carros preferidos das pessoas que responderam à pesquisa foram os dos modelos SUV (28%), Sedã (28%) e Hatch (27%), sendo que cada tipo de carro se destacou, respectivamente, pelos seguintes atributos: robustez e conforto, conforto e luxo e dirigibilidade e estilo. Três a cada 10 pessoas acham que combinam com um SUV e, apesar de apenas 6% possuírem o modelo atualmente, 23% pretendem comprar. Os donos de SUV estão mais felizes: no total, somente 38% tem o tipo de carro que mais combina com eles e, no caso de donos de SUV, esse dado é 60%.

Já o principal motivo para comprar um carro novo, segundo os entrevistados que pretendem realizar a compra em até um ano, é manter o veículo atualizado. Ao planejar a próxima compra, marca e custo estão entre os atributos mais importantes a serem considerados no momento da escolha. Em primeiro lugar, é levada em conta a confiabilidade do fabricante, seguida da análise do consumo de combustível do automóvel, do preço de compra e do custo de manutenção.

Dentre as marcas de veículos que os respondentes já possuíram e comprariam de novo, aparecem, com maior percentual, Toyota (82%), Honda (82%) e Hyundai (79%), que apresentam as seguintes notas médias de satisfação: 9,4 (Toyota), 9,0 (Honda) e 8,8 (Hyundai). Em contrapartida, a Hyundai perde seu posto ao lado das outras duas marcas no quesito “potencial de indicação da marca”, de forma que Jeep passa na frente com 67 de chance de indicação.

As conclusões finais da pesquisa revelam ser possível conquistar o consumidor e garantir sua fidelidade. Para isso, destaca-se a importância de se ater aos modelos, custos e avaliações técnicas, de ser uma das três primeiras escolhas do consumidor e de considerar as diferenças entre os perfis e desejos do comprador.

Marcas envolvidas

Mais Notícias