CLAUDIA, realizará evento para discutir a representatividade feminina na mídia e sua influência na trans

O encontro, reunirá mulheres que ocupam posições de liderança no mercado de mídia, representantes dos principais canais, veículos, redes sociais, agências e anunciantes brasileiros
  16/02/2017
150217 claudia 250

Tendo em vista que 46% das notícias no impresso, no rádio e na TV mostram estereótipos de gênero e que 73% das posições de comando das organizações de mídia são ocupadas por homens (segundo pesquisa realizada em mais de 100 países), CLAUDIA, do Grupo Abril, promoverá um evento no dia 7/3, às vésperas do Dia Internacional da Mulher, para discutir a questão da representatividade feminina no segmento. “Há 20 anos, 189 membros da ONU reconheceram o papel central da mídia em transformar os estereótipos de gênero que influenciam a maneira como pensamos e agimos. Em CLAUDIA, constatamos os enormes esforços para mudar esse cenário, mas entendemos que ainda há um longo caminho pela frente. Pela primeira vez, um evento traz o tema à tona para discussão, com os principais representantes dos veículos, agências e anunciantes brasileiros”, afirma Tatiana Schibuola, diretora de Redação do título.

O encontro, que será realizado no Hotel Tivoli, em São Paulo, reunirá mulheres que ocupam posições de liderança no mercado de mídia, representantes dos principais canais, veículos, redes sociais, agências e anunciantes brasileiros, como Fiamma Zarife, diretora geral do Twitter no Brasil, Daniela Schmitz, vice-presidente Executiva de Engajamento para Marketing da Edelman Significa, Paula Mageste, diretora Editorial das Revistas Femininas da Abril, e Thais Oyama, redatora-chefe de VEJA. Ao longo do dia, seis painéis serão apresentados e, em cada um deles, uma breve apresentação do tema será realizada por uma das editoras de CLAUDIA, que será seguida por um debate com três convidadas.

O público, que terá 150 convidados, reunirá executivas e editoras das áreas de publishing, marketing, publicidade e entretenimento, que poderão acompanhar os seguintes temas:Os homens dominam o hard news e as opiniões,Jornalismo feminino e o telhado de vidro,Representatividade nos meios digitais,O papel das mulheres no entretenimento,Os estereótipos na publicidadeeCarreira: para as mulheres, a aparência conta tanto quanto a competência?.

Também será possível conferir o evento pela transmissão que será feita via Facebook live, na página de CLAUDIA. Além disso, o evento terá cobertura em tempo real no Instagram da marca e os painéis serão gravados e editados em seis vídeos, que serão publicados posteriormente no canal do YouTube. Matérias de cobertura também serão publicadas no site. Os temas abordados no evento também darão origem a um especial, que será publicado na edição de abril da revista. Considerando as audiências de todas as plataformas, são esperados 7,3 milhões de impactos.

Marcas envolvidas

Mais Notícias