A pergunta certa – A interminável busca pelo analytics

Como usar o nosso cérebro para nos contar o que os dados estão dizendo?
  14/03/2016
Quebra cabeca

Por todo lado estou vendo diferentes formas de uma única pergunta: Como usar softwares para extrair mais informações sobre nossa audiência, sobre o que eles estão dizendo?

 

É fascinante o poder do uso de dados para a condução dos nossos negócios. A ponto da ausência de analytics sobre a conexão das pessoas e nossas marcas em plataformas de conteúdo volátil nos deixar incomodados.

 

Representantes do SnapChat estão sendo bombardeados com perguntas, não importa o tema do contexto em que estejam, a respeito de mais informações das pessoas nesta plataforma.

 

Entre todas essas conversas, o tema de uma palestra do final do dia de ontem me chama a atenção. HUMANS, NOT MACHINES.

 

CONTENT IS ABOUT CONNECTING. Editores da Refinery29, Vox e Hearst, mostravam exemplos de sucesso, sempre relacionados a uma camada de instinto e experiência humana sobre os dados das interações com sua audiência.

 

Ali, uma pergunta se destacou sobre a repetida “como usar as máquinas para nos contar o que a audiência está dizendo?” e, que acredito, seja a pergunta certa.

 

Como usar o nosso cérebro para nos contar o que os dados estão dizendo? Afinal, queremos nos relacionar com uma comunidade de PESSOAS.

Tiago Afonso é CMO da Editora Abril

 

Notícia Publicada por Meio & Mensagem

Mais Notícias